Escola Razões da Esperança: com tanta oferta, vai precisar de ler este guia

Escola Razões da Esperança: com tanta oferta, vai precisar de ler este guia

A Escola Diocesana Razões da Esperança (EDRE) abriu as suas portas na terça-feira, 25 de setembro. Às 21h00, a igreja do Seminário acolheu centena e meia de pessoas para a celebração eucarística que, sob a presidência do bispo diocesano D. António Marto, deu as boas vindas a todos os que virão participar nas ofertas formativas da Diocese.

50 participantes já deixaram a sua inscrição formalizada

Depois da celebração, o diretor do Centro de Formação e Cultura Cristã (CCFC), o padre Eduardo Caseiro, fez uma descrição sucinta das propostas que estão a ser lançadas neste semestre para que os presentes tivessem uma ideia mais concreta dos conteúdos a serem ministrados em cada uma delas. No final, 50 participantes deixaram a sua inscrição formalizada. As restantes deverão fazê-lo no primeiro dia de formação, o que acontecerá no dia 8 de outubro.

Um centro, duas propostas

O CCFC, na linha do que tem acontecido nos anos mais recentes, tem duas grandes propostas formativas para oferecer a todos aqueles que queira aperfeiçoar os seus conhecimentos bíblicos e teológicos. A EDRE é uma delas, mas o padre Eduardo quis destacar o Ciclo de Estudos “Bíblia e Teologia Cristã”. Este curso, por ser mais sistemático e ocorrer às quintas-feiras, passa mais despercebido, embora se considere superior, quer nos seus conteúdos, quer na sua profundidade temática.

Ciclo de Estudos “Bíblia e Teologia Cristã”

“Aprender Teologia é disponibilizar-se a aprofundar as raízes da tradição cristã que alicerçam a nossa fé a nossa cultura, esperando encontrar uma herança rica de vida e pensamento que nos ajude a compreender quem somos e o que acreditamos”, explica o padre Eduardo Caseiro. Nesse sentido, o ciclo diocesano de estudos Bíblia e Teologia Cristã pretende ser uma sólida introdução ao estudo da Teologia, oferecendo os instrumentos para a compreensão dos fundamentos bíblicos e sistemáticos do pensamento cristão, com um alcance espiritual e pastoral.

O padre Eduardo Caseiro apresenta a EDRE

Neste curso são oferecidas em cada semestre duas disciplinas fundamentais, equiparadas às de um curso de teologia ou ciências religiosas. Cada disciplina conta com 12 encontros. Para os que quiserem obter o Diploma Diocesano, as sessões de frequência obrigatória e haverá avaliação feita através de exame.

Para além das disciplinas fundamentais, fazem parte do curso alguns Módulos interdisciplinares. Estes são lecionados a várias vozes e os temas de cada sessão dos módulos são adaptados a cada edição. É oferecido um módulo no final de cada semestre, em três sessões duplas. São de presença obrigatória, mas não carecem de avaliação.

A participação neste Ciclo de Estudos pode ser feita de três formas:

Regime de tempo integral. O aluno frequenta, ao longo de quatro anos, todo o ciclo de estudos, cumprindo os requisitos de frequência e avaliação que conduzem ao Diploma Diocesano.

Regime de tempo parcial. O aluno seleciona as disciplinas que pretende frequentar em cada semestre. Se, em oito anos, o aluno terminar o ciclo de estudos, cumprindo os requisitos de frequência e avaliação, pode obter o Diploma Diocesano.

Regime de ouvinte. O aluno seleciona as disciplinas que pretende frequentar sem se submeter a avaliação. Nesta modalidade, o aluno pode obter certificação de frequência, mas não o Diploma Diocesano.

Neste semestre, as disciplinas a serem leccionadas são Liturgia, pelo padre Joaquim Ganhão, e Sacramentologia, pelo padre Carlos Cabecinhas. Já o módulo interdisciplinar terá como tema “Ícone da Misericórdia: Mariologia como Síntese Teológica”. A calendarização de todas as sessões pode ser consultada na Agenda Diocesana, em agenda.leiria-fatima.pt

Escola Diocesana Razões da Esperança

A Escola Diocesana Razões da Esperança (EDRE) tem características muito próprias por nascer da coordenação de esforços e da colaboração de vários serviços e movimentos diocesanos, voltada para a formação. É a que ocorre quinzenalmente às terças-feiras e visa dar respostas às necessidades formativas mais específicas.

A EDRE tem dois tempos de formação: das 21h00 às 22h00, em que são ministrados o Curso Básico e o Curso de Aprofundamento Bíblico, e das 22h00 às 23h00, em que são propostas formações pastorais diversas.

Curso Básico e Curso de Aprofundamento Bíblico

Decorrem na primeira hora, e são duas propostas distintas. O curso básico é o necessário para a obtenção do diploma final. O curso de aprofundamento bíblico é normalmente destinado a quem já completou o curso básico, mas pretende apostar na formação contínua.

Formações pastorais diversas

São formações que vão ao encontro dos vários âmbitos da pastoral, procurando fornecer ferramentas que vão ao encontro das necessidades dos vários agentes de pastoral

Curso de Iniciação “Ser Catequista”

O diretor do Serviço Diocesano de Catequese, o padre José Henrique, também aproveitou o momento da abertura da EDRE para apresentar algumas novidades. Este ano, o Curso de Iniciação de Catequistas, terá uma nova modalidade, que ocupará os dois tempos de formação pelo que aqueles que se inscreverão neste curso, não frequentarão nenhuma das outras propostas da Escola. No entender daquele responsável “não será bem um curso de iniciação” e explicou que o “Ser Catequista” ainda está a ser trabalhado e a diocese de Leiria-Fátima é uma das que está a fazer testes neste projeto piloto. “É mais um percurso que se faz com os catequistas, um espaço de encontro e interação que se realiza durante duas horas de quinze em quinze dias.

A segunda hora: formações para todos os gostos

Curso Geral de Catequistas. Apesar da introdução do curso “Ser Catequista”, o Curso Geral de Catequistas continua este ano nos moldes habituais. Esta formação tem quatro disciplinas que se revezam anualmente. Este ano, será ministrada a disciplina de psicologia, que ocupará a primeira e a segunda hora da EDRE.

Say Yes. Esta formação para a catequese da adolescência é um projeto nacional que nasce no âmbito da Jornada Mundial da Juventude que, em 2022 se vai realizar em Lisboa. Pelas suas características e, sobretudo pela sua novidade, é a proposta que terá mais participantes. Para já, envolve 28 paróquias da Diocese, correspondendo a 2000 adolescentes.

Escola de leitores e ministros extraordinários da comunhão. Esta proposta do Departamento de Liturgia prevê um percurso de quatro anos em que se abordam aspetos doutrinais e práticos. O presente ano corresponde ao quarto e terá como ponto de partida a temática do próximo Congresso eucarístico Internacional.

O que dizem os papas sobre a missão da Igreja. O Serviço de Animação Missionária vai abordar alguns documentos papais importantes que abordam a temáticas das missões.

Oficinas práticas de comunicação. É uma novidade apresentada pelo Gabinete de Informação e Comunicação. Terá como conteúdos a comunicação na Igreja, a construção da notícia, a elaboração de suportes visuais, as ferramentas digitais, as redes sociais, os sistemas de gestão de conteúdos e a integração na rede diocesana de comunicação.

Escola de Cursistas. Este espaço é da responsabilidade do Movimento dos Cursilhos de Cristandade e, por isso, tem como destinatários privilegiados, os seus membros. Os temas abordados são muito diversificados.

Paulo Adriano
Paulo Adriano
Diretor do Gabinete de Informação e Comunicação da Diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...