Vigílias nas vigararias: Jovens em oração pelas vocações

Vigílias nas vigararias: Jovens em oração pelas vocações

Na Diocese de Leiria-Fátima, a Semana das Vocações foi especialmente vivida por largas centenas de jovens que participaram em vigílias de oração promovidas em várias paróquias e vigararias.

Em Aljubarrota, foi o Seminário que animou esse momento, com a participação do diácono Tiago Silva, natural daquela paróquia e que seria ordenado padre no domingo seguinte.

Na igreja paroquial das Matas juntaram-se mais de duas centenas de jovens das paróquias da vigararia das Colmeias. A oração foi conduzida pela invocação “Senhor, que queres que eu faça?”, presente em vários momentos, e incluiu a gratidão a Deus e preces pelas vocações ao sacerdócio, à vida consagrada e à atividade missionária. A irmã Margarida Monteiro deu o seu testemunho vocacional e os participantes tinham preparado, nas suas catequeses, um marcador com uma obra de misericórdia, que depois trocaram com os outros, levando uma delas para casa com o empenho de a praticar no seu dia a dia. A terminar, houve ainda tempo para a confraternização no salão paroquial.

Também em Leiria, Milagres e Ourém se realizaram vigílias semelhantes.

Jornada em Ourém

Na vigararia de Ourém, a iniciativa foi mais do que uma vigília e ocupou toda a tarde de sábado, das 16h00 às 22h00. Envolvendo os grupos de jovens, escuteiros, catequeses e alunos de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), procurou-se “cruzar as diversas dinâmicas da pastoral juvenil vicarial com os programas de EMRC do 3.º ciclo e secundário”, explica o padre Armindo Janeiro, pároco de Nossa Senhora da Piedade.

Cerca de 70 participantes deram corpo a esta “procura de sinergias”, sendo confrontados com “modelos, gente que fez opções na vida, alguns deles referências locais, como o Beato Simão, de Ourém, um dos mártires do Brasil”. Na mesma linha foi o testemunho trazido pelo Comunidade Cenáculo, de “pessoas que andaram ‘perdidas’ na vida e encontraram um caminho com a ajuda da comunidade cristã”.

Segundo o padre Armindo, que coordenou a jornada, “foi muito interessante a colaboração entre os vários dinamizadores pastorais e professores e os jovens testemunharam ter sido muito proveitosa a novidade e dinamismo da proposta”. Assim, “este modelo deverá ser aperfeiçoado para se repetir anualmente na Semana das Vocações, como espaço para a reflexão, testemunho, partilha, convívio e oração com os jovens da vigararia”.

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
GIC
GIC
Gabinete de Informação e Comunicação. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Escutismo com o Banco Alimentar em tempo de pandemia

A região escutista de Leiria-Fátima irá participar nesta campanha, pelo que convidamos a que consulte o agrupamento de escuteiros da sua localidade, de modo a que, neste momento de tão grave fragilidade social, possamos colaborar com o Banco Alimentar e assim contribuir para o bem comum.