Semana Santa na Batalha e Reguengo do Fetal

Semana Santa na Batalha e Reguengo do Fetal

A paróquia da Batalha, tal como todas as paróquias do país, vai adaptar o programa previsto para as celebrações pascais à actual contingência provocada pelo estado de emergência.

No Domingo de Ramos é sugerido que cada família vá ao seu jardim arranjar flores, enfeitar uma cruz e expô-la no exterior da porta principal.

Na Quinta-Feira Santa não haverá a habitual Missa crismal na Sé, que foi transitada para o dia da solenidade do Sagrado Coração de Jesus, 19 de junho. Todas as restantes celebrações realizadas pelo pároco nas paróquias da Batalha e Reguengo do Fetal serão feitas em modo privado à porta fechada. Como sinal de comunhão, o padre Armindo Castelão pede às comissões das igrejas das duas paróquias que ponham os sinos a tocar à hora em que começam cada uma das celebrações. Nessa quinta-feira, a celebração da Ceia do Senhor vai ser na igreja do Reguengo do Fetal às 18h00. Na Sexta-Feira Santa, a celebração da Paixão do Senhor é na igreja matriz da Batalha, às 15h00, onde se celebra também a Vigília Pascal, no sábado, às 22h00. Também em sinal de comunhão todas as famílias são convidadas a colocarem à janela da casa uma vela acesa que lembra o compromisso batismal que se renova na celebração da Vigília. No domingo de Páscoa o pároco vai celebrar na igreja do Reguengo às 11h00. A visita pascal não poderá ser feita. A esse respeito, o padre Armindo confidencia que “todos esperávamos esta grande festa para as famílias e comunidades; eu, pessoalmente, como pároco ansiava esse encontro com as famílias, levar às famílias a presença de Cristo ressuscitado”. O mesmo sacerdote informa que irá fazer a transmissão das celebrações através da página do Facebook da paróquia da Batalha, pelo que todos os paroquianos podem acompanhar naquela rede social.

Igreja do Reguengo do Fetal

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
Paulo Adriano
Paulo Adriano
Diretor do Gabinete de Informação e Comunicação da Diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...