Reguengo do Fetal e Batalha receberam o Padre Armindo de “braços abertos” e com grande alegria

Reguengo do Fetal e Batalha receberam o Padre Armindo de “braços abertos” e com grande alegria

Assembleias numerosas, celebrações bem cuidadas e gestos de bom acolhimento marcaram, neste sábado, 14 de setembro, a tomada de posse do padre Armindo Castelão Ferreira como novo pároco das mencionadas paróquias. O padre Armindo sucede aos padres Clemente Dotti e José Ferreira Gonçalves, que estiveram nas respetivas paróquias 5 anos, o primeiro, e 38 anos, o segundo. O mesmo pároco para as duas paróquias é uma situação nova, pelo que, disse o Vigários Geral, esperamos que o que se apresenta como limitação e dificuldade se torne desafio e oportunidade de fazer crescer a participação co-responsável dos fiéis leigos.
A primeira celebração realizou-se na igreja paroquial do Reguengo do Fetal e teve a especial participação de pessoas idosas residentes no lar do Centro Social Paroquial. A segunda, mais solene com a colaboração de um numeroso grupo de acólitos e de um coro juvenil, teve lugar no mosteiro da Batalha. Nesta participou também o padre Juvenal, da líder da comunidade ortodoxa local. Numa e noutra missa, além dos fiéis, estiveram também presentes representantes das autarquias quer da freguesia quer do município.

Em ambas as paróquias, houve a saudação por parte de um representante da paróquia ao seu novo pastor. Na Batalha, Luís Ferraz apresentou “a igreja viva”, traçando as necessidades e expectativas dos fiéis das diferentes idades e condições. E concluiu, sossegando o pároco com esta entrega: “a nossa vontade de maior proximidade com Deus e com os irmãos, a nossa promessa de colaboração para que a sua missão seja mais fácil de cumprir, o nosso compromisso de fazermos juntos esta Igreja de Cristo.”
Em cada paróquia, o padre Armindo agradeceu o acolhimento recebido e apelou a que cada um trabalhe acima de tudo para anunciar o evangelho do amor de Deus a todos, prometendo dar o melhor de si para “fazer o possível, já que o impossível só Deus o pode fazer”.

Na Batalha, porque se celebrava a festa da Exaltação da Santa Cruz e o 507º aniversário da criação da freguesia, a Junta de Freguesia ofereceu a toda a gente presente um lanche e música. Interveio também um coro da comunidade ucraniana presente na região.

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
Jorge Guarda, P.
Jorge Guarda, P.
Vigário Geral da diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Semana Santa na Batalha e Reguengo do Fetal

O pároco informa que irá fazer a transmissão das celebrações através da página do Facebook da paróquia da Batalha, pelo que todos os paroquianos podem acompanhar naquela rede social.