Paróquias de Albergaria dos Doze e S. Simão de Litém em destaque no Presente

Paróquias de Albergaria dos Doze e S. Simão de Litém em destaque no Presente

“Comunidades unidas pelos valores cristãos” é o título de um trabalho de 3 páginas, publicado pelo jornal Presente Leiria-Fátima desta semana (31.10.2013).

Historicamente unidas, as paróquias de Albergaria dos Doze e de São Simão de Litém mantém muito em comum entre si. Ambas do concelho de Pombal, as comunidades se destacam pelo bairrismo das suas gentes e pelo brio com que promovem o bem comum.

Nestes limites da diocese de Leiria-Fátima ainda se sente o forte impacto do fluxo de emigração das décadas de 50 e 60. A realidade é mais visível no verão mas está presente todo o ano. “O Simonense”, mensário da Fábrica da Igreja de São Simão de Litém, é um dos órgãos de comunicação que vai mantendo a comunidade emigrante a par da atualidade daquela paróquia. Elaborado por uma equipa voluntária, é distribuído gratuitamente e garante uma ligação afetiva da comunidade com as suas origens.

Ainda que bairristas, estas gentes são capazes de feitos grandiosos e relevantes para a vida comunitária. Grupos de escuteiros, jovens, associações de carácter sociocaritativo ou mesmo populares unidos pelo amor ao próximo, garantem uma solidariedade social ímpar e preciosa nos dias que correm.

É esta boa vontade e este saber fazer o bem coletivo que marcam estas populações que tanto sabem cuidar dos mais velhos como motivar os mais jovens a manter vivos estes valores cristãos.

Na edição desta semana do semanário diocesano Presente Leiria-Fátima, confira uma parte desse dinamismo e ainda uma entrevista com o pároco, padre José Frazão.

GIC
GIC
Gabinete de Informação e Comunicação. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Lobitos da Cruz da Areia salvam o Natal

O imaginário para a atividade de Natal dos lobitos do agrupamento 776 – Cruz da Areia, da região escutista de Leiria-Fátima, tinha como missão ajudar o Pai Natal a encontrar um remédio para salvar os duendes que estavam doentes e também evitar que toda a gente ficasse doente.