Paróquia da Batalha celebra Bodas de Ouro sacerdotais com o padre Abel

Paróquia da Batalha celebra Bodas de Ouro sacerdotais com o padre Abel

O padre Abel José da Silva Santos, natural da Batalha e atualmente emérito a residir na Casa Diocesana do Clero, em Fátima, foi um dos três sacerdotes diocesanos que comemoraram as bodas de ouro de ordenação sacerdotal, no passado dia 15 de agosto.

Os seus familiares, com apoio da paróquia natal, quiseram assinalar festivamente esta efeméride, organizando uma celebração e almoço de convívio, no domingo seguinte, 19 de agosto. O Mosteiro da Batalha encheu-se de fiéis e a presença do padre Abel foi saudada com alegria, apesar de alguma debilidade física que o acomete.

Em ligação com o tema das leituras deste dia, o presidente da celebração, padre Luciano Guerra, sublinhou a importância dos sacerdotes que “como o padre Abel, são garantia de que Jesus Cristo continue a fazer-Se presente na Eucaristia e possa ser alimento de vida para todos os fiéis”. Apelou, assim, à “ação de graças pelos 50 anos de dedicação deste padre batalhense” e à oração pelas vocações sacerdotais.

Também o pároco, padre José Ferreira Gonçalves, juntou aos votos de parabéns, em nome da comunidade, o apelo aos jovens para “uma resposta positiva ao apelo do Senhor para a vida sacerdotal”, frisando que “Abel, ordenado há 50 anos, foi o último padre nascido na paróquia da Batalha”. Entre as várias missões desempenhadas, sublinhou a sua dedicação ao Apostolado da Oração e aos Cruzados de Fátima, com manifestação de grande amor a Nossa Senhora e longos anos de dedicação aos peregrinos que se deslocavam ao Santuário da Cova da Iria. Foi, por isso, uma imagem mariana a prenda escolhida pela paróquia para este aniversário.

A celebração, concelebrada por alguns sacerdotes amigos do homenageado, contou também com uma significativa presença de fiéis vindos das paróquias do Souto da Carpalhosa e da Bajouca, onde esteve mais tempo como pároco. Um representante desta última dirigiu algumas palavras a todos, sublinhando a entrega, dedicação e carinho com que o padre Abel sempre desempenhou o seu múnus pastoral.

No almoço participaram cerca de centena e meia de pessoas, entre familiares e amigos de todas estas comunidades, destacando-se a presença de representantes das câmaras municipais da Batalha e de Pombal, bem como dos dois colegas ordenados no mesmo dia, padres Artur Ribeiro de Oliveira e António Pereira Faria. Um sessão de fados, por cantores locais, abrilhantou a tarde de convívio.

LMF

Luís Miguel Ferraz
Luís Miguel Ferraz
Paróquia da Batalha. Comunidade Cristã da Golpilheira. jornaldagolpilheira.pt
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.