O 127 faz 60 anos com muita atividade

O 127 faz 60 anos com muita atividade

A cidade de Leiria vai estar em festa! Durante o ano 2020, o agrupamento 127 Sé Leiria comemorará os seus 60 anos de fundação e oficialização. Serão inúmeras as atividades e eventos para festejar a data, embora o dia 9 de fevereiro seja o dia do aniversário.

No passado dia 8 de fevereiro celebrou-se eucaristia na Sé centrada na comemoração, seguindo-se as promessas de alguns lobitos, exploradores e pioneiros, bem como a investidura de um dirigente, José Luís Henriques. Após estes momentos, teve lugar um jantar de agrupamento no Estádio Magalhães Pessoa que contou com cerca de 300 convidados, desde atuais e antigos escuteiros da Sé, assistentes, chefes de agrupamento, famílias e amigos. Foi um serão movido pelas lembranças da história de agrupamento, apresentando-se números de teatro, música, um quiz e fotografias alusivas aos momentos mais marcantes.

A fechar o longo dia, cantou-se os parabéns ao 127 que contou com a presença de alguns antigos chefes de agrupamento para apagar as velas e a voz entusiasta de todos os presentes.

A festa não termina por aqui, pois dia 1 de março recebem o Dia do Fundador, com o encontro de todos os agrupamentos da nossa região Leiria-Fátima. Venham mais 60…

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
Joel Valente
Joel Valente
Agrupamento 127.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Mensagem às paróquias de Leiria e Cruz da Areia

Caros amigos, paroquianos de Leiria e da Cruz da Areia, aqueles que residem no território destas duas paróquias e todos aqueles que se sentem parte destas duas famílias paroquiais. Dirijo-me a vós e a todos os que vivem na nossa cidade, mesmo que não se sintam parte da vida paroquial.