Mensagem da Cáritas no Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

Mensagem da Cáritas no Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

Assinalado hoje, 17 de outubro, o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza é uma ocasião propícia para “refletir de forma especial sobre a pobreza como flagelo e o nosso compromisso no combate às suas causas”, refere a Cáritas Portuguesa em Comunicado.

Para que a data seja “mais do que uma efeméride”, a Cáritas recorda que este é um problema bem real e próximo de nós, como indicam os dados do Instituto Nacional de Estatística relativos a 2017: “23,3% dos portugueses viviam em risco de pobreza ou de exclusão social”, sendo que “18% por cento deste número diz respeito a menores de 18 anos”.

No contexto do Sínodo dos Bispos sobre os jovens, a decorrer por estes dias em Roma, é precisamente nesta faixa etária que a Cáritas Portuguesa centra a sua mensagem, remetendo ao relatório produzido em fevereiro deste ano, em conjunto com a Cáritas Europa, intitulado “Os jovens na Europa precisam de um futuro”. Envolvendo estudantes, trabalhadores, desempregados e portadores de algum tipo de deficiência, recolheram-se testemunhos de vida que expressam um “sentimento de incerteza no futuro e de desconfiança nas estruturas, políticas e institucionais, que deveriam responder às suas necessidades”.

Isto acontece a nível europeu e agrava-se em alguns casos no caso português, sendo evidente o facto de “as políticas adotadas nos últimos 10 anos não terem conseguido a quebra de ciclos de pobreza geracional”. Como indicadores, apontam-se “o desemprego juvenil de 23,8% (7% superior à média da UE) e um abandono escolar de 12,6% (2% acima da média da EU)”, pelo que “um número significativo de jovens portugueses sente que não tem futuro”.

Neste dia, a Cáritas reafirma a sua “preocupação para com os jovens, em todas as suas circunstâncias e nos contextos em que se inserem, vendo neles uma garantia para a construção de uma sociedade mais forte, capaz de intervir na resolução dos seus próprios problemas, mais justa e mais solidária”.

No mesmo comunicado, são partilhados alguns testemunhos de jovens sobre a ação solidária da instituição, como é o caso de Ana Rita Costa, da Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima, de Joana Pereira, da Cáritas de Santarém, e de Saíde Jamal, da Cáritas de Coimbra.

GIC - Gab. Informação e Comunicação
GIC - Gab. Informação e Comunicação
Este serviço diocesano é responsável por promover a comunicação entre as diversas instâncias da Igreja diocesana, nomeadamente através da produção e divulgação das suas notícias. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

5 de Outubro — 9h30 > 18h30
Seminário Diocesano de Leiria

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.