Freixianda: Festa da Profissão de Fé

Freixianda: Festa da Profissão de Fé

No dia 4 de junho, quando a Igreja celebrava a solenidade do Pentecostes evocando a vinda do Espírito Santo, teve lugar, na igreja paroquial da Freixianda, no decorrer da Missa dominical, a Profissão solene de Fé de 19 crianças da comunidade.

Apresentaram-se de túnicas brancas e, empunhando a vela do seu batismo, entraram em cortejo solene na igreja paroquial, onde a assembleia, reunida para a eucaristia, as acolheu com alegria e alguma emoção. De imediato, em diálogo com o pároco, disseram ao que vinham: proclamar solenemente a sua fé. E a celebração prosseguiu com a proclamação da Palavra, tendo as leituras sido proclamadas pelos próprios.

Na homilia, o pároco ajudou estes cristãos mais novos e toda a assembleia a perceber como o Espírito Santo é o grande dom de Jesus ressuscitado e como é Ele, o Espírito Santo, Deus presente e em ação em nós, que nos leva a professar a fé e a viver como cristãos: Ninguém pode dizer «Jesus é o Senhor» senão por ação do Espírito Santo.

Chegou o momento mais solene: cada criança subiu ao altar, de vela acesa e, voltadas para a assembleia, assumiram como sua a fé do seu batismo, professando solenemente que acreditavam em Deus, Pai, Filho e Espírito Santo e na Santa Igreja Católica, declarando também, com convicção pessoal, que queriam viver como cristãos, em Igreja, ao longo de toda a vida. Não foi fácil aos pais, ao pároco e à assembleia conter a emoção do momento!

A celebração prosseguiu com a oração universal, recolha das ofertas e apresentação dos dons ao altar, na qual estas crianças da Profissão de Fé tomaram parte ativa. Na oração do Pai Nosso, deram as mãos uns aos outros, como compromisso de fraternidade. Logo a seguir foram saudar os pais, em gesto de gratidão pelo dom da fé que souberam transmitir-lhes. Também foi solene o momento da comunhão. Como ação de graças louvaram a Deus com Maria e consagraram-lhe a sua fé e o seu compromisso de serem cristãos.

A celebração terminou com a entrega do texto do Credo a cada um que fica não só como como recordação deste dia, mas também para terem consigo a referência daqueles que são os mistérios essenciais da fé cristã.

Antes de concluir, o pároco regozijou-se com o modo como decorreu a celebração e deixou um apelo a todos para darmos, sempre e em todas as circunstâncias, um testemunho alegre e credível da nossa fé.

Fonte: A Voz da Freixianda

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
GIC
GIC
Gabinete de Informação e Comunicação. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...