Finalistas de Leiria em acção de graças na Sé

Finalistas de Leiria em acção de graças na Sé

O dia 25 de maio foi um dia importante para vida académica de Leiria e ainda mais para as quatro centenas de finalistas que estiveram na catedral de Leiria. Os alunos do último ano do ensino superior de três escolas — Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), Escola Superior de Arte e Design (ESAD) e Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA) — celebraram a Missa de bênção de finalistas, presidida pelo bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto. Uma semana antes, tinha sido a vez de outras duas escolas, a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) e a Escola Superior de Saúde de Leiria (ESSLEI), a completarem mais um ciclo académico em acção de graças.

Já é tradição a Sé encher neste momento festivo organizado pelo Serviço da Pastoral do ensino Superior. Aquele espaço foi manifestamente exíguo para a numerosa afluência dos familiares e amigos dos estudantes presentes.

D. António Marto manifestava-se “particularmente por poder partilhar da alegrias e do entusiasmo” dos estudantes, a quem endereçou os parabéns por terem atingido mais uma etapa importante na sua vida pessoal. “O final do curso é um tempo carregado de memórias e recordações, mas também é um tempo para projetar o futuro, um tempo de esperança”, começou por dizer o cardeal durante a homilia da celebração. Dada a importância do momento, D. António Marto disse aos presentes que não era momento para discursos: “vós viestes aqui para celebrar em acção de graças a Deus, viestes pela vossa fé”.

A força poderosa da juventude

Não deixou, no entanto, de fazer referência ao Evangelho lido momentos antes, referindo especificamente que “Jesus deixa aos seus discípulos dois dons: o Espírito Santo e a paz”. Daí, discorreu para a necessidade de percorrer “os caminhos interiores”, pois se não o conseguirem “também não serão capazes de andar os caminhos exteriores”. Neste ponto, o prelado chamou a atenção para a “sofreguidão tecnológica” dos dias actuais.

“Não deixeis que vos roubem a vossa dignidade e a vossa esperança”, salientou, explicando que o dom da paz “é diferente daquela o mundo vos dá que é focada no ter, no consumir, no bem estar material e fictício”, referindo-se às palavras de Jesus. “Esta paz começa por ser desenhada no coração de cada um de vós; ela é fruto do amor que abate muros e constrói pontes, e é responsabilidade vossa”, afirmou.

D. António Marto ainda fez questão de referir que “a vossa juventude é um bem incalculável com uma força poderosa” e que, por isso, são uma bênção para “um mundo mais humano e mais belo”.

Catarina Cristovam, que faz parte da equipa do SPES, estava orgulhosa pela celebração do dia dos finalistas. “Foi um dia memorável, sem dúvida alguma”, partilhou, desejando que os estudantes “nunca esqueçam Leiria que os acolheu de coração”.

Galeria

Paulo Adriano
Paulo Adriano
Diretor do Gabinete de Informação e Comunicação da Diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

5 de Outubro — 9h30 > 18h30
Seminário Diocesano de Leiria

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.