Faleceu o Padre Manuel Marques (1921-2019)

Faleceu o Padre Manuel Marques (1921-2019)

No Hospital de Santo André, em Leiria, onde se encontrava há algum tempo por agravamento do seu estado de saúde, faleceu no dia 21 de setembro de 2019, o padre Manuel Marques, de 98 anos de idade e 71 de sacerdócio. Residia na Casa Diocesana do Clero, em Fátima, desde 1998. A celebração exequial, presidida pelo bispo diocesano, cardeal D. António Marto, terá lugar na terça-feira, dia 24, às 16h00, na igreja do Ninho de Águia, paróquia do Cercal (Ourém), seguindo-se o sepultamento no cemitério local. 

Manuel Marques nasceu no dia 12/4/1921, em Ninho de Águia (Espite, Ourém), atualmente da paróquia do Cercal, filho de Joaquim Marques e de Maria da Trindade. Entrou para o Seminário de Leiria, em 1935, e foi ordenado sacerdote em 11/7/1948, na catedral de Leiria, pelo bispo D. José Alves Correia da Silva.

Nos seus muitos anos de exercício do ministério sacerdotal, desempenhou as missões de coadjutor da Freixianda (1949) e de Espite (1950-1954), pároco da Serra de Santo António (1954-1956) e de São Bento (1954-1966), de Amor (1966-1993) e de Albergaria dos Doze (1993-1998). Neste ano, foi aceite o seu pedido de dispensa do serviço paroquial, por motivos de saúde, passando a residir na Casa do Clero. Mesmo limitado pela doença, na medida das suas possibilidades, continuou a ajudar alguns sacerdotes em vários serviços pastorais. Durante alguns anos, foi o assistente diocesano do Movimento Esperança e Vida, que congrega senhoras viúvas e as apoia de vários modos na sua situação de vida.

Era um homem de trato simples, afável, bem-disposto, desprendido, piedoso e sempre disponível para todos. No exercício do ministério sacerdotal, foi um pastor dedicado que se entregou de modo incondicional ao cuidado do povo de Deus. O seu exemplo, incentivo e ajuda fez despertar vocações sacerdotais e à vida consagrada. Nas suas paróquias, cuidou da catequese, deu bom acolhimento e apoio a grupos de jovens e a vários movimentos eclesiais de espiritualidade e apostolado.

Ao dar a notícia do falecimento do Padre Marques, a Diocese de Leiria-Fátima louva a Deus e agradece o precioso dom deste bom pastor e os frutos do seu ministério. E implora o dom de novos pastores para o serviço generoso ao povo de Deus.

Manifesta também o seu reconhecimento e gratidão a quantos o ajudaram e dele cuidaram na vida e na doença, nomeadamente na Casa Diocesano do Clero. Aos familiares e amigos, apresenta sentidas condolências, implorando para todos o conforto da fé e da misericórdia de Deus.

Jorge Guarda, P.
Jorge Guarda, P.
Vigário Geral da diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.