Escuteiros da Caranguejeira fazem Acagrup em Serpins

Escuteiros da Caranguejeira fazem Acagrup em Serpins

Escuteiros realizaram XII acampamento de agrupamento

De 31 de julho a 4 de agosto, o agrupamento de escuteiros da Caranguejeira esteve acampado em Serpins, no seu XII Acagrup – Acampamento de Agrupamento. Todos os elementos do Agrupamento participaram nesta actividade: lobitos, exploradores, pioneiros, caminheiros e dirigentes. Mesmo os pais e antigos escuteiros puderam participar durante o fim-de-semana.

Os escuteiros trabalharam, já desde maio, em equipas verticais, ou seja, em equipas constituídas por elementos das quatro secções, com o grande objectivo de fortalecer os laços entre todos e, com isso, fortalecer também o espírito de agrupamento.

Houve dez patrulhas numa competição saudável; foram elas as Patrulhas Avestruz, Crocodilo, Elefante, Gazela, Girafa, Gnu, Hipopótamo, Macaco, Rinoceronte e Zebra, representativas dos animais da história “O Rei Leão”, que esteve na base do imaginário desta grande actividade, com o seu lema “Hakuna Matata”, isto é, “sem problemas”.

Cada patrulha montou o seu campo – tendas, mesa, cozinha e pórtico – construindo, assim, a savana. Para isso, todas as patrulhas tiveram que trabalhar para que o Simba regressasse à Savana e voltasse a ser Rei, salvando a Savana das garras do Scar.

Caranguejeira fazem Acagrup em Serpins 2019

Foram várias as actividades e jogos feitos pelas patrulhas: canoagem e outros jogos de água, ponte de paralelas, construção de um mural da actividade, cozinha selvagem, raide, entre muitos outros, sempre baseados no imaginário do Acagrup, contribuindo para o crescimento, a vários níveis, de todos os nossos elementos.

No sábado ao almoço, alguns pais e antigos escuteiros e o assistente, padre Filipe, juntaram-se a nós, tendo feito um raide e canoagem. À noite, o tão esperado Fogo de Conselho, em que as patrulhas apresentaram pequenas peças, cómicas e sérias, e se fizeram várias dinâmicas e se cantaram algumas canções ao redor da “fogueira”, partilhando, assim, as peripécias vividas durante a actividade.

Regressaram no domingo, após a Eucaristia e desmontagem de campo, bastante cansados, mas de sorriso na cara, mais crescidos, cheios de histórias para contar e muitas recordações que irão permanecer no coração de cada um, com a certeza que, tal como em “O Rei Leão”, “Somos Um”.

Irene Jorge
Irene Jorge
Secretária do Agrupamento 1041 da Caranguejeira
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.