Editorial Rede 15

Hoje, o destaque na REDE percorre-se por oito páginas. Oito páginas inteiramente dedicadas à Peregrinação Diocesana que se realizou no recente fim de semana. A extensão das reportagens não traduzem a importância deste dia para a vida da diocese de Leiria-Fátima. Nelas são apresentadas duas perspetivas muitos particulares.

A primeira, apresenta a Peregrinação no contexto de vida em casal que, por sua vez, se integra com a vida de outros casais numa dinâmica mais alargada de vida espiritual. Vida essa, a de casal e a de comunidade, metaforicamente apresentada no caminho que se faz em direção à casa da Mãe. É uma Peregrinação, no sentido literal da palavra, que representa as peregrinações de todas as comunidades, de todos os grupos, de todas pessoas da Diocese.

A segunda perspetiva, é a do dinamismo dos jovens na Igreja e, concretamente, na nossa Igreja Diocesana. Chegaram mais cedo, no dia anterior, como é normal os jovens chegarem: antes dos outros, à frente, com o entusiasmo e a fé a deixar as pegadas bem vincadas no chão que pisam.

Nestas duas realidades — a dos jovens e a dos casais — está grande parte do sustentáculo da Igreja. Uns e outros são a escola e o alfobre da Igreja do futuro que está aí à porta. Uns e outros são o presente da Fé vivida serenamente sem fogos de artifícios nem paixões exacerbadas.

Paulo Adriano
Paulo Adriano
Diretor do Gabinete de Informação e Comunicação da Diocese de Leiria-Fátima.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Leia também...

Editorial Rede 25

Quando os 72 discípulos foram enviados por Jesus, aos pares, sem mais nada senão a roupa que traziam vestida, as sandálias e,

Editorial Rede 24

Já é um lugar comum dizer que temos Fátima aqui tão perto e não lhe damos o valor devido. É daqueles casos

29 de Junho — 9h30 > 18h00
Aula Magna do Seminário Diocesano de Leiria