Crianças da Diocese à procura do “Tesouro Escondido”

Crianças da Diocese à procura do “Tesouro Escondido”

O Serviço de Animação Vocacional (SAV) realizou no dia 7 de dezembro mais um encontro vocacional. O “Tesouro Escondido” — assim se chama esta atividade — reuniu três dezenas de crianças que se preparam para a Primeira Comunhão, provenientes das paróquias da Cruz da Areia, Regueira de Pontes, Santa Catarina da Serra e Marinha Grande

As crianças foram acolhidas por alguns membros do SAV que lhes propuseram a busca do tesouro mais precioso das suas vidas que em breve iriam encontrar. Esse tesouro precioso é o Senhor Jesus na Eucaristia, o “Jesus escondido”, que encontraram e diante do qual rezaram num momento de adoração eucarística que concluiu o encontro. Além disso, foram escutando vários testemunhos vocacionais e desafiados a encontrar na sua vida o caminho de felicidade que Deus lhes propõe.

As crianças ficaram entusiasmadas por conhecer o seminário e aprenderam que o “Seminário é uma casa para todos os amigos de Jesus e os que querem conhecer melhor Jesus, sobretudo quem se prepara para ser padre”.

Este encontro integra um conjunto de propostas que o SAV tem para os grupos da Diocese que se preparam para a Primeira Comunhão e para a Profissão de Fé.

As nossas notícias no seu email

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-faima.pt com periodicidade irregular. A qualquer momento pode cancelar subscrição.
André Batista, P.
André Batista, P.
Diretor do Serviço de Pastoral Juvenil.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Marinha Grande retoma celebrações com o povo

As últimas notícias e os números positivos da evolução da pandemia, associados ao bom tempo e às imagens do desconfinamento, deixam o nosso coração menos aflito. E é com enorme alegria que voltaremos a celebrar com a presença do povo de Deus.