Bispo diocesano incentivou párocos da vigararia da Marinha Grande ao trabalho em equipa

Bispo diocesano incentivou párocos da vigararia da Marinha Grande ao trabalho em equipa

D. António Marto participou na reunião dos párocos da vigararia da Marinha Grande, que teve lugar na Maceira, no passado dia 4 de janeiro.

A agenda de trabalhos incluiu a partilha de programas sobre a semana da Diocese em cada paróquia prevista para o início de fevereiro, as atividades para casais sobre a exortação “A Alegria do Amor”, do Papa Francisco, a catequese de adultos em programação na vigararia, a formação sobre o ministério do Diaconado Permanente, a equipa vicarial de dinamização pastoral e a peregrinação à Sé.

Os padres manifestaram a sua alegria pela presença do Bispo e pelo acompanhamento do seu trabalho. Por sua vez, D. António exprimiu o seu reconhecimento pelo serviço dos sacerdotes, sublinhando a sua importância para o crescimento espiritual das pessoas. Apelou ao sentido da Igreja diocesana e ao amor por ela, bem como a vivência de um estilo sinodal. Nesse sentido, apontou a necessidade de inserir o ministério no caminho e ao ritmo da Igreja diocesana e de olhar para a vigararia como uma unidade pastoral. Para isso, disse, exige-se um estilo novo de trabalho pastoral, fazê-lo em equipa. Admitiu que é difícil, pois tal exige superar o protagonismo individual para agir em Igreja, de modo orgânico, tendo o sentido do conjunto e dispondo-se à colaboração na paróquia, na vigararia e na Diocese. Mais, implica pensar em equipa, partilhando perspetivas diferentes uns com os outros. “Não há trabalho em equipa sem uma conversão à ação do Espírito Santo”.  Citando o Papa Francisco, incentivou a dar prioridade a iniciar processos pastorais, dar tempo para a mudança das mentalidades, lançar as sementes e cuidar da sementeira, pôr em comum os talentos e recursos, ter em vista o bem global da comunidade cristã, paroquial e diocesana.

No diálogo, falou-se de várias problemáticas pastorais, especialmente dos sacramentos do batismo e da penitência. O encontro terminou com um almoço num restaurante local. A Vigararia da Marinha Grande inclui, além desta paróquia, as de Pataias e Maceira. Nela está também integrada a de Alpedriz, que pertence à vigararia da Batalha.

As próximas vigararias que receberão a visita de D. António Marto serão: Porto de Mós, no dia 11 de janeiro, Ourém, a 6 de fevereiro, e, por fim, Batalha, no dia 18 de abril.

GIC
GIC
Gabinete de Informação e Comunicação. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...