Barreira celebra Dia da Comunidade Paroquial

Barreira celebra Dia da Comunidade Paroquial

No passado fim de semana, 16 e 17 de março, a Barreira festejámos o dia da paróquia.

Durante todo o fim de semana houve várias atividades com o intuito de celebrar a nossa comunidade, não porque somos só mais um grupo entre tantos outros, mas porque queremos ser verdadeira comunhão de amor, unidos pelo amor de Jesus Cristo por cada um de nós. Somos membros do seu Corpo que é a Igreja. Somos uma comunidade viva e ativa.

O serão de sábado começou com uma sessão de cinema dinamizada pelo GJB (Grupo de Jovens da Barreira) com o título “I’m Not Ashmed – Um Vida com Propósito” que nos desafiou a, como Cristo, dar mais de nós, da nossa vida, aos outros, tocando milhões de corações. Seguindo-se um momento de convívio com filhós e café d’avó preparado pela Conferência de São Vicente de Paulo.

Na manhã de Domingo, a celebração da eucaristia foi presidida pelo nosso pároco, Pe. Augusto Gonçalves,  acolitada pelo diácono Rui Ruivo  e animada pelos três coros da nossa paróquia, o Coro Infanto-Juvenil, o GJB e o coro paroquial.  Nesta celebração pedimos perdão a Deus por tudo o que fizemos e que não foi de construção da Comunidade e demos graças pelo caminho que temos vindo a fazer, por todos aqueles que se empenham dia após dia na nossa paróquia e  por todos aqueles que fizeram parte desta Comunidade e que já partiram.

Durante o resto da manhã fomos desafiados a fazer uma viagem por quatro ateliers que nos ajudaram a conhecer e descobrir um pouco mais de alguns setores da nossa comunidade paroquial e diocesana.  

No atelier organizado pela catequese paroquial, todos os participantes foram convidados a ir à pesca de perguntas e respostas que ajudaram a conhecer um pouco mais do que se tem feito neste serviço. Como disse a nossa conterrânea Júlia Moniz, que também participou neste atelier, foi “uma iniciativa muito interessante do ponto de vista pedagógico quer para os jovens quer para os adultos. Gostei muito.”

Os acólitos com o seu atelier tentaram despertar a curiosidade para o serviço dos acólitos, dando a conhecer a sua necessidade e importância como um serviço a Deus e à Comunidade. Os participantes foram também descobrindo os nomes dos vários objetos litúrgicos, vestes e elementos que se encontram numa igreja, bem como o seu significado e função dentro da liturgia.

No atelier dinamizado pela Conferência de São Vicente de Paulo foi dado a conhecer o que se faz neste movimento da Igreja e a sua história, ficando o desafio de colaborar no sentido de ajudar a “unir o mundo numa rede de caridade”. Durante a manhã os vicentinos dinamizaram uma pequena quermesse, venda de filhós e café d’avó para poderem angariar alguns fundos.

Tivemos também a presença do Grupo Missionário Ondjoyetu, da nossa diocese, que, com a apresentação de um pequeno filme e um jogo, deu a conhecer a todos uma realidade completamente diferente, desafiando-nos a ser mais solidários e menos consumistas e desafiando-nos também a sermos uma comunidade em saída e em missão.

O dia da Comunidade terminou com um almoço convívio partilhado que foi bastante participado e onde reinou a animação e a boa disposição.

GIC - Gab. Informação e Comunicação
GIC - Gab. Informação e Comunicação
Este serviço diocesano é responsável por promover a comunicação entre as diversas instâncias da Igreja diocesana, nomeadamente através da produção e divulgação das suas notícias. Todos os contactos, informações e sugestões devem ser dirigidos para gic@leiria-fatima.pt.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

5 de Outubro — 9h30 > 18h30
Seminário Diocesano de Leiria

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.