Bajouca: dias de festa para celebrar, conviver e partilhar

Bajouca: dias de festa para celebrar, conviver e partilhar

De 14 a 18 de agosto a paróquia da Bajouca, viveu as suas festas anuais em honra de Stº Aleixo. Foram cinco dias intensos de celebrações convívio e partilha.

As celebrações de cada dia foram assumidas por alguns dos sacerdotes naturais da paróquia, pelo pároco e pelo padre Fernando Carvalho, das paróquias vizinhas da Ilha, Guia e Mata Mourisca, que num gesto muito bonito quis atravessar a fronteira física de uma diocese e celebrar connosco. Há mais de 40 anos que um pároco destas freguesias vizinhas que pertencem à diocese de Coimbra, não celebrava na nossa igreja.

Além das intenções de cada dia, uma intenção comum foi o padre Soares, que nos deixou no dia 29 de julho. Como disse o padre Carlos Cabecinhas na missa que presidiu: “O ausente mais presente nas nossas festas deste ano”.

O convívio e a partilha foram uma constante, tanto à volta dos tradicionais andores como nas enormes filas para o restaurante onde esse convívio se tornou ainda mais realidade à volta de uma mesa onde famílias inteiras se reúnem nesta altura.

A animação esteve à altura para todos os gostos. Destaque para a noite do dia 15, onde a fadista Cristina Maria, filha da terra, brindou com um espetáculo de fado fazendo-se acompanhar para além dos seus músicos com o grupo “Toc’Andar”.

Cerca de 300 pessoas estiveram diretamente envolvidas em toa a organização. Para o ano, celebram-se os 50 anos das Festas de Stº Aleixo.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A REDE mais recente

Carregue na capa para ver edição em formato .pdf

Receba a Revista REDE gratuitamente todas as semanas no seu email.

Leia também...

Correio da Amizade envia 4.000 cartas

Mais uma vez este ano, esta iniciativa continuou com muito entusiasmo em todas as paróquias que aderiram e foram partilhadas mais de 4 000 cartas com postais de Natal e mensagens de de Paz e de Esperança no tempo tão bonito como este.

Bajouca com presépios para todos os gostos

A exemplo dos anos anteriores, o secretariado da catequese convidou todos os catequizandos e suas famílias, a construir o seu presépio, para expor na nossa Igreja durante a quadra do Natal.