Actividades de Exorcismo por parte de Humberto Gama

Tags:Comunicados
Categoria: Comunicados de Imprensa
Criado em 28-02-2011


Declaração da Diocese de Leiria-Fátima

 

Refª: VG2011B-002

Na sequência de um programa televisivo e de notícias aparecidas nos meios de comunicação social sobre as actividades de exorcismo realizadas por Marcelino Humberto Gama, mais conhecido por "padre Humberto Gama", chegaram ao Santuário de Fátima e à secretaria episcopal de Leiria queixas e pedidos de informação sobre a pessoa em causa.

Tendo recolhido as devidas informações, no intuito de corresponder ao interesse geral e, em especial, das pessoas tentadas a solicitar os serviços "religiosos" do referido senhor, levamos ao conhecimento dos interessados o seguinte:

1. Humberto Gama, cujo nome completo é Marcelino Humberto Gama, foi efectivamente membro da Congregação religiosa dos Marianos da Imaculada Conceição, tendo sido ordenado sacerdote no Convento de Balsamão, no concelho de Macedo de Cavaleiros, em 1965.

2. Foi enviado para Inglaterra, onde esteve integrado na comunidade religiosa da referida Congregação. Mas, em 1972, por motivos graves, o governo geral da mesma Congregação demitiu-o. Esta decisão de expulsão da congregação religiosa de que era membro foi confirmada pelo Vaticano, através da Congregação dos Religiosos e Institutos Seculares.

3. Desde então, na Igreja Católica, não se reconhece ao senhor Humberto Gama qualquer legitimidade para as actividades religiosas ou de exorcismo que realiza, sendo abusivos o título de "padre" com que se apresenta, o uso de vestes sacerdotais e a prática de ritos religiosos. É igualmente abusiva a divulgação de uma sua fotografia com o Papa João Paulo II, para tentar legitimar e provar a sua condição de padre e para servir de cartão de visita para ser contactado nos arredores de Fátima.

4. A quem se encontra em dificuldades que julga serem espirituais, aconselha-se o recurso a uma prática cristã regular e a solicitar a ajuda de quem mereça confiança para o poder fazer e tenha o reconhecimento da Igreja, quer seja um sacerdote, um religioso ou religiosa ou mesmo um cristão leigo.

5. Recomenda-se, por outro lado, aos sacerdotes e a outros fiéis cristãos capazes de ajudar pessoas em dificuldade psico-espiritual que as acolham com caridade, as escutem com paciência e inteligência, façam oração por elas e, conforme as situações, as encaminhem para outros apoios adequados ao caso em questão.

Leiria, 28 de Fevereiro de 2011.

O Vigário Geral, Padre Jorge Manuel Faria Guarda

Partilhar:





Contactos

 

Serviços Gerais da Diocese


R. Joaquim Ribeiro Carvalho, 2 
2410–116 Leiria

Tel.: 244 845 030
Fax: 300 013 266

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Siga-nos

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Liturgia Diária



© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados

© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados