O priorado Crúzio de Santa Maria de Leiria – do século XII à criação da Diocese

Tags:Leiria, Collippo, Colipo, Collipo, medieval, história
Categoria: História
Criado em 11-06-2012

Artigo de Saul António Gomes:

No princípio da sua história medieva, Leiria era território ermo e sem senhorio...

Nessa paisagem despovoada, para além das cumeeiras serranas de Candeeiros e de Aire, na bacia hidrográfica do Lis, espraiavam-se as paisagens de floresta, denso matagal e extensos pauis. Em certos pontos desses terrenos selvagens, pontilhavam algumas ruínas de um passado distante, abandonado e perdido, o dos séculos antigos em que a urbe de Collipo, erguida entre as belas colinas de S. Sebastião de Freixo e do Palácio de Randufo, junto às veigas férteis dos rios Leirena e do Heirena — sábio mote que Rodrigues Lobo, o mais nobilíssimo vate das letras leirenenses, retomaria para os baptizar de Lis e Lena — fora sede de municipium e de libertos, tanto quanto pólo aglutinador de um povoamento que procurava na exploração da terra e do subsolo riqueza e proveitoso comércio.

 

Ver artigo completo em anexo.

Anexos:
Ficheiro
Fazer download deste ficheiro (Origens.pdf)Origens.pdf

Partilhar:



Video

Bispo de Leiria-Fátima comenta confirmação da vinda do Papa a Fátima



Contactos

 

Serviços Gerais da Diocese


R. Joaquim Ribeiro Carvalho, 2 
2410–116 Leiria

Tel.: 244 845 030
Fax: 300 013 266

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Siga-nos

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Liturgia Diária



© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados

© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados