Notícias

D. António é “embaixador” do Politécnico de Leiria

Categoria: Notícias
Criado em 06-11-2018

O Cardeal D. António Marto recebeu o título honorífico de professor “honoris causa” pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL).

Numa cerimónia que ocorreu durante a sessão solene de abertura daquele estabelecimento de ensino superior da região de Leiria no dia 6 de novembro, o bispo da diocese de Leiria-Fátima recebeu das mãos do seu presidente, Rui Pedrosa, o diploma que lhe confere essa distinção, passando a ser, nas palavras do anfitrião, “embaixador” daquela instituição.

Para a decisão da direcção do IPL de atribuir aquele grau académico ao Bispo, foi considerado o reconhecimento que lhe tem sido atribuído dentro e fora do país, nomeadamente com a integração no colégio cardinalício. Todavia, o presidente da instituição fez questão de enumerar outras razões de peso, “em particular, por ter vindo a presidir às cerimónias da bênção dos finalistas, marcando um dos momentos mais importantes da vida académica”. Adiantou ainda que “são inúmeras as iniciativas conjuntas desenvolvidas entre a Diocese e o IPL, que têm vindo a ser estimuladas e apadrinhadas pelo bispo D. António Marto, nomeadamente no projecto de comunicação acessível, mas também na participação numa estratégia colaborativa de salvaguarda e valorização do património histórico-cultural, material e imaterial”. Para Rui Pedrosa, o facto do IPL ser uma “instituição laica na sua essência”, isso não foi óbice para o reconhecimento do prelado, pois o “IPL é multicultural, inclusivo, e é nessa pluralidade que se encontra também um enquadramento para um reconhecimento maior e meritório da atividade do D. António, pelo seu progressismo, dinamismo e espírito de serviço em prol da comunidade, pelo contributo para o prestígio da região de Leiria”.

O presidente do IPL confidenciou ainda que, no momento em que conversou com o D. António para lhe comunicar a decisão da direção, este, para além de o informar que já tinha sido professor no ensino superior, assumiu que “estarei à altura da responsabilidade e representarei o melhor possível o Politécnico de Leiria enquanto professor “honoris causa””.

Discurso do D. António Marto na Concessão do Título Honorífico Professor Honoris Causa

Ex.mo Senhor Presidente do Conselho Geral do IPL
Ex.mo Senhor Presidente do IPL
Ex.mo Senhor Presidente da Câmara e demais autoridades civis e militares
Ilustres docentes e pessoal técnico administrativo do IPL
Ilustres convidados
Caros jovens estudantes

É para mim motivo de profunda alegria encontrar-me aqui com a comunidade académica do Instituto Politécnico de Leiria na inauguração do ano académico e poder saudar cordialmente todos os presentes, de modo particular o Senhor Presidente, Prof. Doutor Rui Pedrosa.
Esta instituição marca sem dúvida o caminho e a vida da cidade de Leiria, contribuindo para fazer frutificar as melhores energias no campo do saber científico-técnico e no desenvolvimento económico.
A comunidade académica do IPL alcançou um grande nível científico e cultural que a coloca entre os Institutos Politécnicos mais prestigiados do país e com reconhecida projeção internacional. É com simpatia e admiração que o Bispo e a Diocese de Leiria-Fátima olham para este Centro de Ensino Superior reconhecendo o seu empenho, por vezes árduo e fatigante, na investigação e na formação das novas gerações. É também imperioso reconhecer o significativo clima de colaboração e diálogo entre as nossas instituições. Por todos estes méritos formulo aqui publicamente o voto de que em breve seja reconhecido ao IPL o merecido e justo estatuto universitário. Oxalá possa ainda saudar o Senhor Professor Rui Pedrosa como Magnífico Reitor da Universidade Politécnica de Leiria!
Hoje, e nesta circunstância, é-me particularmente grato exprimir todo o meu agradecimento ao IPL na pessoa do seu Presidente pela atribuição à minha pessoa do Título Honorífico de Professor Honoris Causa que muito me honra e me sensibiliza.
Para além da expressão de gratidão, desejaria deixar uma breve mensagem sobre algo que me está a peito desde o tempo de professor universitário. Digo esta palavra em nome da razão ética da humanidade.
Todos nós estamos conscientes de que vivemos num momento histórico muito desafiante. Por um lado, a ciência e a técnica põem nas nossas mãos um poder sem precedentes, suscitando progressos inéditos e inauditos nos mais diversos campos, pelos quais só podemos estar gratos. Por outro lado, verificamos que não está esconjurado o risco de novas possibilidades de manipulação e de destruição da “nossa mãe e irmã Terra”, nossa casa comum, e da própria humanidade do ser humano.
O uso correto deste poder pressupõe a adoção de uma visão mais integral e integrante. Requer abrir as portas a um diálogo inspirado nessa visão, enraizada num humanismo integral ou, em expressão do Papa Francisco, na ecologia integral. Trata-se obviamente de um grande desafio cultural, espiritual e educativo. É uma causa que a todos diz respeito e a que as instituições do saber não podem ficar alheadas. Hoje é preciso superar um saber (ou conhecimento) subjugado ao pragmatismo eficientista do mercado, ou disperso nos infinitos rios de erudição ou ainda fechado na fragmentação do saber cada vez mais especializado. Ora “os conhecimentos fragmentados e isolados podem tornar-se uma forma de ignorância quando resistem a integrar-se numa visão mais ampla da realidade”(LSì 138).
Em expressão de Edgar Morin trata-se de realizar a necessária aliança entre ciência e consciência, técnica e ética e ética e estética. Também o filósofo marxista heterodoxo do século passado, Ernst Bloch, advertia no seu livro “O Princípio Esperança”: “Sem percorrer os caminhos interiores do espírito não seremos capazes de percorrer de pé e com dignidade os caminhos exteriores do mundo”.
Uma visão nova do saber nos é pedida na complexidade do presente. O saber para se aperfeiçoar é sabedoria; o saber para dominar é exploração; o saber para servir a sociedade, a ecologia integral, é amor solidário e fraterno.
Estou certo de que o nosso Instituto Politécnico de Leiria saberá responder a estes novos desafios através da transversalidade dos seus saberes e da visão humanista dos seus docentes. Parabéns ao IPL. Que viva, cresça e floresça cada vez mais e melhor!

Partilhar:





Contactos

 

Serviços Gerais da Diocese


R. Joaquim Ribeiro Carvalho, 2 
2410–116 Leiria

Tel.: 244 845 030
Fax: 300 013 266

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Siga-nos

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Liturgia Diária



© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados

© Diocese Leiria-Fátima, Todos os direitos reservados